5 de novembro de 2013

Dep. Federal Fátima Bezerra visita Diretório Municipal do PT

Foto: Manoel de Lemos

Na tarde de ontem 04 de Novembro, o Diretório Municipal do PT recebeu a visita da Dep. Federal Fátima Bezerra. Num diálogo muito otimista, Fátima conversou com os filiados sobre o cenário Nacional e Estadual para 2014, onde o Partido busca preparar prioritariamente o palanque para a reeleição da Presidente Dilma Rousseff, o seu desejo de disputar o mandato de Senadora, a manutenção da vaga Federal, ampliação das vagas na Assembleia Legislativa e sobre quem o Partido defenderá para o Governo do Estado. “Nós teremos como tarefa buscar o diálogo com todos os Partidos da Base de apoio da Presidente Dilma, incluindo o PMDB que recentemente rompeu com o governo Rosalba (DEM). E pra isso, nós precisamos estar preparados, assumindo uma postura de maturidade para garantir que o nosso Projeto político seja vitorioso na eleição que se avizinha” Infelizmente esse diálogo não está sendo possível com o PSB haja visto que, os dois Partidos têm candidaturas próprias à Presidência da República. lembra a Deputada. 

Fátima também falou sobre a dimensão de seu Mandato Federal em Brasília onde recebe dezenas de Prefeitos de todos os Partidos em seu gabinete. Ela declarou que recebeu a Comitiva liderada pelo Prefeito Fernando Cunha – PROS, que apresentou à Fátima Bezerra alguns dos Pleitos do município no tocante a saúde, educação e infraestrutura na qual a Dep. Reafirmou o compromisso com a população macaibense. “Nós temos assumido uma postura Republicana ao recebermos os Prefeitos e demais lideranças que
chegam ao nosso gabinete apresentando demandas importantes para seus municípios, esse foi o caso do Prefeito de Macaíba. É lógico que o PROS como partido que também congrega a base de apoio da Presidente Dilma está dentro do circulo de diálogo que nós teremos que fazer, mas pra isso deixamos claro que não existe nenhum tipo de compromisso político para 2014 ou 2016 do Diretório Local do PT em relação ao Projeto do Prefeito Fernando Cunha, de forma nenhuma.

O PT não impõe alianças, nem muito menos faz intervenção em seus Diretórios locais, apenas orienta; recomenda que não se façam alianças com os Partidos que fazem oposição ao Governo que nós defendemos. Onde é possível dialogar com os Partidos da Base se dialoga, onde não é possível não se faz. Por que o PT respeita as decisões de seus diretórios”.Ressaltou. Os filiados presentes fizeram algumas observações sobre a Conjuntura local e Estadual reafirmando que a prioridade é o crescimento do Partido no estado.