23 de dezembro de 2013

Natal é tempo de perdão



Parece que a atual gestão Municipal de Macaíba ainda não consegue engolir sua derrota no maior colégio eleitoral da zona rural (Traíras) Por apenas 90 votos. Embora sendo uma diferença razoavelmente pequena, a população de Traíras sofre a cada dia o peso deste resultado. Comenta-se que agora o alvo da vingança serão os jovens que assim como os da sede do Município vivenciam um momento crítico da violência urbana que se estende as comunidades rurais.

Segundo os grandes pensadores é através principalmente da EDUCAÇÃO que se enfrenta estes graves problemas sociais, porém, a atual gestão através da super poderosa Secretária de Educação desconhecedora por falta de afinidade das necessidades dos jovens de Traíras pretende deixar de oferecer a modalidade de Educação para jovens e adultos (EJA) na referida comunidade, transferindo-a para a comunidade de Lagoa do Sítio. A juventude e a comunidade de Traíras precisa urgentemente se mobilizar no sentido de defender este direito que lhes é garantido há quase duas décadas e mostrar à senhora secretária de Educação professora letrada que como dizia Paulo Freire, em Traíras existe “POVO”.

Com a palavra o poder legislativo, através dos nobres edis que se dizem representantes da educação, o Senhor Prefeito que foi eleito para todos inclusive para os que não votaram nele e o povo de Traíras que não pode se calar diante de um ato de extrema injustiça e falta de respeito. 

Enviado por um grupo de cidadãos que estão indignados com esta situação que passa o povo de traíras