16 de dezembro de 2013

O silêncio que condena


É notável a atuação de alguns vereadores(as) durante este ano, propondo emendas, projetos e anseios da população. Fazendo o que está ao seu alcance, na medida do possível, atendendo algumas propostas da população e as vezes até sendo mal entendido por alguns quando querem trabalhar na casa do povo.

Participei de boa parte das sessões durante o ano e venho percebendo nas conversas a boca pequena e até em alto e bom som entre os cidadãos que participaram, que existe entre os vereadores(as), 4 nobres edis, que não abrem a boca, falam somente para agradecer a presença de alguém conhecido na cidade ou então quando vai pedir para ir embora, outros chegam até a ficar impacientes para que a sessão chegue ao fim.

Como um cidadão e eleito vereador, ganha mais de 10mil por mês, trabalha 4h por semana e não tem coragem [ou vontade] de falar uma única palavra que mostre seu trabalho na casa legislativa? Se é que realizaram algum trabalho!, além de se esconder do povo, ao chegar para "trabalhar" não dão um pio... Produtividade? Com eles não!

Maxson Savelle
Site Cidadão Macaibense