11 de fevereiro de 2014

Mineiro: nos palanques em que cabem todos os partidos, o povo fica de fora

O deputado Fernando Mineiro (PT) participou ao vivo nesta segunda-feira, 10, do programa “Boa Tarde, Cidadão”, do Robson Carvalho, na Band - Natal. O parlamentar falou sobre a orientação nacional para as eleições 2014 e que o PT está reagindo ao veto da chapa para o senado no RN.

O PT tem como prioridade absoluta a reeleição Dilma Rousseff-Michel Temer. Já o PMDB, aliado nacional do PT, tem tentado construir no RN uma aliança com partidos como PSB, PSDB e DEM, que possuem interesses distintos e vão contra a reeleição da presidenta. “Esse tipo de arranjo esconde o debate político e nós queremos discutir projetos para o estado. Não vamos ficar emparedados, ficar de fora do debate”, afirmou Mineiro.

O deputado disse que a sociedade potiguar tem sinalizado que quer mudança no governo e senado. “Senado não é lugar para político se aposentar. Apresentamos o nome de Fátima porque sabemos que ela, lá, vai trabalhar muito pelo RN”, afirmou. “Estamos num processo claro de exclusão do senado e nós vamos fazer também os nossos movimentos. Tivemos uma boa conversa com o PSD e eles também estão muito abertos a discutir um novo caminho para o estado, com novos projetos e propostas”, disse.

Ainda sobre o grande acordão, o parlamentar defendeu: “nos palanques em que cabem todos os partidos, o povo fica de fora”. E lembrou: “A situação que vivemos hoje não caiu do céu, foi construída. Os mesmos que são responsáveis pelo estado chegar aonde chegou querem fazer um acordo entre eles para continuar fazendo a mesma coisa”.

Fonte: Assessoria do Mandato