22 de abril de 2014

MACAÍBA: Corte de terra é um fracasso e agricultores correm o risco de perder novamente suas safras

Assecom/PMM
O corte de terra realizado pela prefeitura de Macaíba esse ano está fracassado e os agricultores do município correm o risco de perderem mais um ano de safra. Com o mês de maio chegando, não há mais tempo para plantar o feijão e o milho.

Os agricultores já estão bastante sofridos devido o ano passado a prefeitura não ter realizado o corte de terra onde muitos não conseguiram plantar um pé de feijão. Este ano a quantidade de tratores colocados para fazer o serviço é insuficiente. 

Para se ter uma ideia, na região, por exemplo, de Traíras que engloba mais 8 comunidades, em administrações passadas eram utilizados em média de 6 a 8 tratores pela alta demanda do local. No entanto, para esse ano a prefeitura só disponibilizou um (01) único trator para fazer o corte de centenas de agricultores dessa região. 

Muitos agricultores já desistiram de esperar pelo corte cedido pela prefeitura e estão pagando do próprio bolso para ver suas terras aradas e com tempo de plantar o milho, o feijão e a mandioca. Contundo, a maioria que não tem condições de pagar um trator particular está preocupada com o dilema de ver mais um ano de colheita descer por terra abaixo. 

Em algumas localidades, temos as informações que os trabalhadores rurais estão esperando o secretário de agricultura e o senhor prefeito passar em suas residências para devolverem as autorizações entregues, pois até agora foi só o que chegou, o papel, e este não corta a terra. Com isso, o Secretário de agricultura erra mais uma vez e a administração do Senhor Fernando Cunha, não tem mais desculpas para dar a população que aguardava com anciedade este programa, e desta forma quem perde é o povo macaibense.

Por Jonas Silva