7 de maio de 2014

Prefeito de Macaíba vai à TV fazer sensacionalismo político


A novidade da semana foi a propaganda disfarçada de reportagem na qual o Exmo. Sr. prefeito de Macaíba deveria falar sobre a 1° Semana Literária de Macaíba (SLIM), mas acabou "pisando na bola" ao querer usar do oportunismo para se autopromover. Segundo ele, Macaíba possui um total de 5 mil alunos fazendo o Mais Educação, isso sem contar outras atividades como teatro, xadrez e música. No vídeo, ele ainda faz questão de afirmar que a escola de música deverá chegar - a mais ou menos - 2 mil alunos. Fatos esses que não só parecem demasiadamente exagerados, como também não condiz com a realidade dos fatos.

A verdade, meus amigos,  é que o Sr. prefeito esqueceu de dizer que o Programa Mais Educação é uma política pública do governo federal e não uma benfeitoria do mandato dele, como fica subentendido no vídeo. Mas quanto a isso sejamos tolerantes, visto se tratar de uma informação conhecida pela maioria da população. Agora, uma coisa que a cidade inteira desconhece é que, neste ano, ainda não foram ministradas nenhuma aula de xadrez nas escolas municipais de macaíba. 

Como assim, Jefferson, então quer dizer que o prefeito está passando uma informação falsa para a população? Isso mesmo! Para ser mais claro, permitam-me explicar melhor: O projeto Xadrez nas Escolas está parado desde o final de 2013 e até agora, 07 de maio de 2014, não se sabe quando será retomado. Ou seja, AO CONTRÁRIO DO QUE O PREFEITO FALA NA PROPAGANDA, NÃO HÁ NENHUMA CRIANÇA TENDO AULAS DE XADREZ EM MACAÍBA.

Outra coisa que também não procede é a questão da Escola de Música. Na semana passada os blog's da cidade, inclusive o Cidadão Macaibense, noticiaram uma denúncia sobre o descaso pelo qual a escola está passando. Na ocasião foram registradas duas fotos. E uma dessas fotos mostrava um monte de entulho jogado no portão da escola, interceptando a entrada do prédio e dando a entender que, diferentemente do que é dito na propaganda, não há atividades sendo desenvolvidas por lá . Por essas e outras razões, caros leitores, chego a conclusão de que tudo não passou de puro sensacionalismo político.

Por Jefferson Lázaro
Colunista do Cidadão Macaibense 

VEJA O VÍDEO DA PROPAGANDA E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES: CLICK AQUI