27 de junho de 2014

O PT de Macaíba requer ao Prefeito Fernando Cunha a convocação da I Conferência Municipal de Cultura para garantir o funcionamento do Sistema Municipal de Cultura

Que o Prefeito da cidade sancionou lei criando o sistema municipal de cultura este fato é importante e precisa ser aplaudido. Fernando Cunha acertou, esta foi a frase que foi postulada pelo presidente do PT, Professor João Marques quando o entrevistamos. No entanto, frisou o Presidente do PT, “tal fato ainda é insignificante para as demandas necessárias para efetivação do sistema.” O professor ressaltou que o sistema fala da implantação do Conselho Municipal de Cultura e do Fundo Municipal de Cultura.

Segundo o professor, sem a devida implantação destes dispositivos técnicos, o sistema não funcionará. “Na verdade, se Fernando Cunha não convocar uma conferência municipal extraordinária para efetivação do sistema, este sistema não existe e não funcionará nunca”. João Marques informou ainda que a lei sancionada pelo Prefeito Fernando Cunha foi idêntica a apresentada por ele a câmara municipal. O ex-vereador e hoje atual presidente do PT, se diz feliz com o fato e demonstra segundo ele, que tal momento, que o mesmo estava certo.

O profº João Marques no entanto, se sente preocupado com a implantação do sistema: "Fernando Cunha, não pode ficar jogando para a plateia, precisa fazer políticas públicas com seriedade, o prefeito tem que convocar a Conferência Extraordinária"

Sabendo desta necessidade, o presidente do PT, protocolou ao Prefeito o pedido da Conferência Municipal de Cultura em caráter extraordinário. Nela, segundo o professor João Marques, deverão ser escolhidos os membros para compor o Conselho Municipal de Cultura e ser aprovado um Plano Municipal de Cultura que possa ser reavaliado daqui a dois anos e bem como sugerir proposta orçamentária para a revisão do PPA e para os últimos seis meses da LOA 2014.
 
 “O prefeito estará brincando com os artistas locais, caso não realize tais demandas”. Finalizou João Marques