13 de agosto de 2014

Dilma Rousseff decreta luto oficial

A presidenta Dilma Rousseff decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos. Em nota oficial, ela disse que o Brasil inteiro está de luto e que o político era um exemplo de democrata e uma grande liderança política. “Perdemos hoje um grande brasileiro, Eduardo Campos. Perdemos um grande companheiro”, afirmou.

Dilma Roussef (PT) e Aécio Neves (PSDB) fecharam, nesta quarta-feira, os comitês de campanha de todos os estados, em luto pela morte do candidato Eduardo Campos (PSB). A ação foi confirmada pela assessoria de imprensa dos candidatos. Durante os três primeiros anos do governo Dilma, o PSB, de Campos, foi um dos principais aliados do governo Dilma. Eduardo Campos também tinha boa relação com Aécio Neves.

Informações: Pragmatismo Político