13 de agosto de 2014

PSB e Assessoria perde contato com Eduardo Campos

Jato particular que caiu com 10 pessoas em Santos poderia ser o que levava Eduardo Campos. Equipe do PSB e assessoria do candidato afirmam que perderam contato com Campos desde as 9h:30min

A equipe do PSB, de Eduardo Campos, perdeu contato com o candidato a Presidência da República, na manhã desta quarta-feira. Campos vinha do Rio de janeiro em jato particular, onde cumpriria agenda na cidade de Santos, marcada para às 10h30. De acordo com a assessoria do PSB, “a agenda atrasar é normal, perder o contato com o candidato não é”.

Um jato particular caiu sobre uma casa na cidade de Santos, litoral sul paulista, na manhã desta quarta-feira. O Corpo de Bombeiros confirmou a queda, que ocorreu na altura do número 136 Rua Alexandre Herculano, esquina com Rua Vahia de Abreu, nas imediações do Canal 3, a cerca de sete quadras da praia. Logo após a queda, a primeira informação era a de que se tratava de um helicóptero. Sete pessoas ficaram feridas e pelo menos três imóveis foram atingidos.

A sala de imprensa do Corpo de Bombeiros informou que sete vítimas foram socorridas em hospitais da região, mas ainda não há informações se elas eram ocupantes da aeronave ou moradores dos imóveis atingidos. O Pronto-Socorro Municipal de Santos confirmou que há quatro feridos internados na unidade.
A queda ocorreu pouco depois das 10h. A poucos metros do local do acidente funcionam uma escola infantil e uma academia de ginástica. A região tem casas e comércios.

Procurada, a assessoria do comitê de campanha de Eduardo Campos diz que também tenta contato com o candidato, sem sucesso. De acordo com a assessoria da Rede, de Marina Silva, vice na chapa de Eduardo, ela não estava no voo que traria Campos do Rio de Janeiro para São Paulo. Ela o aguarda na capital paulista para então seguirem para a cidade litorânea.

Informações: pragmatismopolitico.com.br