23 de setembro de 2014

A gente não quer só comida!

Reflexões - Por Ionara Nunes

Soube com muita felicidade da notícia de que o Brasil saiu do mapa da fome. A ONU divulgou esta semana os números de pessoas que passavam fome no Brasil e que hoje tem o que comer. Vibrei, essa é a verdade, e vibrarei sempre...

Agora o desafio começa de verdade. Como nossos maiores problemas sociais sempre eram a miséria e a fome, hoje com a mudança de cenário, surge um grupo numeroso que quer mais que simplesmente se alimentar. Esse grupo que surge quer comer em restaurantes, quer passear, quer ir a teatros, frequentar casas de shows, quer estudar mais, quer aprender novos idiomas, quer finalmente caminhar pelas cidades em segurança.

Chamo isso de desafio porque o maior problema, a fome, como sendo resolvido, fez surgir um problema ainda maior, como adequar um nova população que está sedenta de bens e serviços que antes eram impensáveis... com os preços dos produtos vendidos no Brasil eles ainda estão excluídos, com os níveis de educação e saúde ainda deficitários e o transporte público ainda muito ineficientes surge para quem quer que governe, novas demandas, demandas por uma população que já não pensa mais em escapar da fome 24 horas por dia, mas como pagar a prestação do carro e como fazer com que orçamento deixe um dinheiro para aquela viagem à Gramado... é... crescer tem suas demandas mudadas e isso é maravilhoso, pois até a corrupção, nossa velha amiga de 500 anos, já não é tão bem vinda como antes... esse país está mudando? Eu digo com certeza, sim, e para melhor...