29 de setembro de 2014

Luciana Genro mostra as contradições de Marina Silva

Pragmatismo Político: Em um determinado momento em que Luciana Genro e Marina Silva se enfrentaram no debate de ontem, a candidata do PSOL conseguiu expor, em poucas palavras, as contradições da “nova política” tão aclamada por Marina. Luciana afirmou ainda que Marina muda de posição sempre que é pressionada.

“Tu tens dito que defendes uma nova política, mas teus economistas são ligados ao PSDB… e tua campanha é financiada por bancos e empreiteiras. Como é que tu vais fazer uma nova política com esses aliados?”, questionou Luciana.

Marina levou um minuto e meio para dizer que Luciana não entendia nada de nova política, que “está sendo feita pela sociedade brasileira”. Luciana rebateu: “A nova política da Marina é assim: ela recebe a pressão do agronegócio, cede e diz que nunca foi contra os transgênicos. À pressão dos banqueiros, ela cede dizendo que vai dar autonomia pro Banco Central. À pressão dos reacionários do Congresso, [...] ela cede e joga na lata do lixo o seu programa de defesa dos direitos LGBT. Essa é a nova política da Marina. Mais velha do que a história.”

Nas cordas, Marina fez para a [candidata] nanica Luciana a mesma pose de vítima que faz para a [candidata] peso-pesado Dilma: “A nova política que eu pratico é exatamente para evitar esse tipo de atitude, que espalha boatos, que espalha calúnias, sem nenhum compromisso com a verdade. Isso é velha política.”

O debate da Rede Record foi, até agora, o de maior repercussão da campanha presidencial de 2014. Na próxima quinta-feira (2) os presidenciáveis se enfrentarão pela última vez neste primeiro turno no debate da Rede Globo.

Texto completo: Aqui