13 de novembro de 2014

Será que é importante nesse momento?

A necessidade de modernização e informatização do sistema público com vistas à melhor atender o cidadão e torná-lo eficiente é imprescindível nos dias atuais. Mas, essa modernização pode ser feita a partir dos recursos disponíveis pelo poder público como infraestrutura, por exemplo, de forma que na sua eficiência, comece por reduzir os custos desnecessários em um primeiro momento com esse objeto.

A prefeitura Municipal de Macaíba está dando claros sinais de que o termo eficiência parece está longe da realidade local, ao solicitar do poder executivo, autorização para tomar um empréstimo de R$ 20 milhões de reais junto ao BNDES com o intuito de “informatizar e modernizar a administração municipal”. Como muitos dos “beneficiários” da prefeitura costumam dizer que ela herdou uma dívida milionária da administração anterior, é no mínimo curiosa a real necessidade desse empréstimo, já que o município tem, certamente, questões muito mais importantes e relevantes para se preocupar no momento. 

Se a situação estivesse calamitosa a ponto de por em risco o desenvolvimento da cidade e o atendimento aos cidadãos, e o uso desse expediente fosse a única forma de se evitar essa “catástrofe”, ela seria aceita sem muitas objeções. Mas felizmente, essa não é a realidade atual.  Os prédios próprios da prefeitura ou os alugados por ela podem muito bem cumprir esse papel, desde que seja feita readequações de forma a não subutilizá-las como é visto em alguns, e o investimento (em menor valor) ser feito na informatização desses locais e na capacitação dos seus operadores.

Obras faraônicas e sem serventia atual, servem apenas para cidades que não tenham problema com a escassez de recursos financeiros e de questões mais importantes e relevantes para se preocupar!

José A. D. Carneiro