19 de dezembro de 2014

Gabriel Medina se tornou o primeiro brasileiro Campeão Mundial de Surfe

Foto via ESPN
KZUKA: Sexta-feira, 19 de dezembro, é um dia histórico para o esporte nacional. Aos 20 anos, Gabriel Medina é o novo campeão mundial de surfe. O paulista de Maresias não precisou nem mesmo esperar o final da última etapa do circuito para se tornar o primeiro brasileiro a conquistar o principal circuito do esporte. Após se classificar às quartas de final, Medina viu Kelly Slater e Mick Fanning serem derrotados pelo catarinense Alejo Muniz, o que garantiu o título ao seu compatriota.

Depois de cinco dias de interrupção por falta de condições para o surfe, a ondulação esperada pela organização do Pipe Masters entrou e os surfistas voltaram à disputa. Com um começo avassalador, Medina atropelou o havaiano Dusty Payne e ganhou com facilidade a sexta bateria do dia. Com dois belos tubos em Pipeline (saída pela esquerda da onda), saiu na frente com notas 8,83 e 5,83.

O adversário, que lutava pelo título da Tríplice Coroa Havaiana (soma dos resultados dos principais campeonatos realizados no Havaí), reagiu com um tubo avaliado em 7,17. Depois de administrar bem o tempo, o brasileiro entubou Backdoor (direita da onda) e garantiu a vitória na bateria, com mais um 8,83. O resultado eliminou o multicampeão Kelly Slater da disputa pelo título, agora era só esperar por Mick Fanning.

Quando Fanning entrou na água, Medina acompanhava pela televisão a bateria decisiva. Se o australiano perdesse para Jeremy Flores, o Brasil comemoraria seu primeiro título do World Championship Tour (WCT). Flores saiu na frente, mas uma virada a três minutos do final da nona bateria levou o local de Gold Coast à quarta rodada da competição. E adiou a festa brasileira.