20 de dezembro de 2014

Henrique Alves (PMDB) é citado em escândalo da Petrobras

Allan Marques/FolhaPress
Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN) foi um dos 28 políticos (partidários) citados no depoimento do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, são, ao todo, 10 nomes do PP, 8 do PT, 8 do PMDB, 1 do PSB e 1 do PSDB. (Veja lista completa no fim da matéria)

A matéria do Estadão trouxe uma listagem com 28 nomes de políticos supostamente envolvidos no escândalo da Petrobras, fornecida pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, durante a delação premiada na Operação Lava-Jato.

Nota de Henrique Alves:
"É com extrema indignação que vejo meu nome citado em reportagem publicada hoje pelo jornal O Estado de São Paulo. Não há qualquer hipótese de verdade no meu envolvimento com as irregularidades cometidas na Petrobras. Repilo qualquer insinuação nesse sentido. Tenho a consciência absolutamente tranquila. Reitero que a delação premiada é um instrumento que beneficia o réu e não deve ser tomada como prova de verdade. Para isso, há a investigação séria dos órgãos competentes."

"Cotado inicialmente para assumir o Ministério do Turismo – embora pretendesse a Integração Nacional –, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve ser excluído do primeiro escalão do segundo governo Dilma Rousseff." __ O Potiguar