14 de dezembro de 2014

Investimentos em assentamentos rurais do RN terão foco na comercialização de frutas

Créditos: Marília Rocha/Nominuto.com
Nominuto: Eles têm terra, água, sementes, têm frutas. Sabem como produzir, mas não sabem como, por quanto e qual o melhor caminho para a comercialização desses produtos. Para ajudar os agricultores dos assentamentos rurais do Rio Grande do Norte, o projeto RN Sustentável irá promover ações nos próximos anos com foco na produção e comercialização de frutas.

Essa é a solução apresentada pelo gerente do projeto pela Secretaria Estadual de Agricultura (Sape), Fabiano Lima. "A prioridade é atender os assentamentos em seus desafios e garantir assistência ao agricultor. Aqui em Mossoró o investimento será na etapa final da produção, a comercialização", destaca o especialista. O financiamento dos projetos nos assentamentos é feito pelo Banco Mundial pode chegar ao teto de R$ 2 bilhões, casos todos os recursos sejam aplicados. 

Inicialmente é feito um mapeamento da produção e do mercado para que o planejamento tenha um bom resultado. No caso do assentamento Oziel Alves, a população já tem estrutura de irrigação, espaço e o plantio ocorrem de forma ordenada. "O que for feito para, melhorar as vendas vamos agradecer. Hoje deixamos tudo com os atravessadores, prejudicando o nosso lucro", comentou Laudecir Amâncio da Silva, de 40 anos que mora com a esposa e sete filhos no assentamento. 

O gerente de extensão e reforma agrária do projeto, Fábio Souza, contou que a realidade do Rio Grande do Norte é semelhante a da Paraíba. "A maioria dos assentamentos recebe apoio do Incra e tem demandas coletivas como uso da água, assistência técnica e plantio de frutas como melão, mamão e banana", comenta. 

Cada assentado promove suas atividades em seus hectares e usam um coletivo, com espaço para demandas em comum. O especialista em extensão rural disse ainda que a solução para muitos assentamentos (e que será aplicada no RN Sustentável); é uma assessoria contínua, responsável por orientar e pesquisar alternativas para os desafios.