14 de março de 2015

No Dia Nacional da Poesia Artistas Macaibenses lançam Manifesto

O Município de Macaíba possui em sua história uma forte contribuição para a literatura brasileira. A exemplo podemos citar Auta de Souza, poetisa, representante do simbolismo brasileiro, reconhecida mundialmente. No entanto, hoje, 14 de Março, Dia Nacional da Poesia, não foi lembrada por seu povo e em especial por seus governantes. A Prefeitura Municipal de Macaíba sequer solicitou que a poetisa fosse lembrada nas escolas municipais.

Hoje o município de Macaíba não dar a atenção devida aos seus artistas. Os muitos poetas e poetisas atuais, não são acompanhados e nem estimulados a continuar seu nobre trabalho de defesa e inspiração à cultura local. A cada dia a cidade de Macaíba constrói por esforço próprio autores de grande relevância e capacidade lírica, mas não recebem do senhor Prefeito o apoio e o estímulo para continuidade de seus trabalhos.

Mesmo o Governo Federal estimulando as prefeituras do país na construção de sistemas municipais de cultura, o sistema de nossa cidade não sai do papel. Foi criado graças a pressão popular, mas pouco andou sua iniciativa, vive como lei “morta” nos armários de uma suposta Secretaria Municipal de Cultura. O Conselho Municipal de Cultura que já deveria estar em funcionamento, nunca se reuniu e os seus membros nunca foram nomeados. Pobre noite escura para a cultura macaibense.

Diante desta realidade repleta de desafios, os artistas e intelectuais macaibenses, vêm por meio deste MANIFESTO declararem-se engajados no MOVIMENTO EM DEFESA DE NOSSA CULTURA MACAIBENSE.

Informações: Artistas e Intelectuais Macaibenses