5 de março de 2015

Quem são os nomes que figuram na política com condições de ser prefeito de Macaíba 2016


Existe um jargão que diz: o tempo para os profissionais da política é medido entre uma eleições e outra. Esta observação parece muito pertinente, quando nos voltamos as rodas de conversas daqueles que habitam o mundo da política partidária.

Após as eleições nacionais e estaduais, na medida em que começa se desenhar um novo cenário nessas esferas governamentais, as atenções se voltam para as  eleições municipais de 2016. No município de Macaíba, a situação não é diferente, algumas figuras começam a se moverem no imprevisível tabuleiro da política eleitoral.

Atualmente,  figurinhas conhecidas  se apresentam como possíveis nomes para o  pleito que se aproxima. No entanto, seja como for, as previas do debate político nas rodas de conversa  é a conhecida judicialização do  processo político. Vale lembrar,  que expoentes da política macaibense tiveram seus nomes citados na lista do TRE/RN que expõe os  Fichas sujas,  conforme Lei Complementar nº. 135 de 2010. Faço aqui uma pergunta  aos nossos webleitores: Alguém tem duvida que este, será um tema recorrente na arena das discussões sobre  eleições municipais?

No dia 04/07/2014, foi publicado a lista dos fichas sujas na pagina do  TRE/RN,  inclusive, na época divulgado  por este site,  apareciam na lista os nomes de três ex-prefeitos da historia recente de Macaíba, Luizinho (PSB), Marília (PMDB) e Fernando Cunha  (PROS). Apesar disso,  os citados aparecem como possíveis candidatos, portanto, cabe a justiça resolver, por outro lado, o eleitorado não   deveria  negar a política como solução dos problemas referentes a candidatos com questões judiciais,  a melhor forma seria apostar em nomes que possam revitalizar a política municipal, com espírito publico e zelo ao bem comum. Neste sentido, vale observar a desenvoltura do candidato, seu programa de governo, transparência  e a capacidade de ouvir a população.

Nessa corrida para chegar a prefeitura, surgem nas rodas de conversa, nomes como: Valério Mesquita, Luizinho, João Marques, Marília Dias, (Wellingotn Tinôco - Leto) e o prefeito  atual, Fernando Cunha. Agora, com tanto nomes sendo lembrados por determinados grupos, será que o povo que é quem mais depende da presença da gestão publica, foi consultado? O que pensa o eleitor? Então, qual é sua opinião?. Para uma gestão ausente, é preciso uma população presente e opinando participando, cobrando, avaliando, caso contrario, ficarão esquecidos e subtraídos aos interesses de uma minoria, dentro de um sistema político que não representa na realidade os interesses da  maioria.

Portanto, vejam quem são os pretensos candidatos e quais poderão atender as melhorias que a cidade precisa. Faça sua escolha, até o momento, estes são os nomes lançados na ciranda da democracia. Vai escolher?

Da Redação
www.cidadaomacaibense.com.br