23 de maio de 2015

Eduardo Cunha pretende construir shopping de R$ 1 bilhão na Câmara

(Imagem: Agência Estado/André Dusesk)

Depois de um debate acirrado, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) conseguiu na noite desta quarta (20) aprovar a autorização para que a Câmara realize a chamada “PPP do Shopping”.

A proposta foi aprovada por meio de uma emenda à MP 668, do ajuste fiscal, que eleva alíquotas da PIS/Cofins em operações de importação e exportação, o que causou indignação entre deputados. Ao todo, 273 parlamentares votaram a favor da proposta, e 183 foram contrários. Sete se abstiveram.

PT, PSDB, PCdoB e PSOL votaram contra. “Uma megalomania típica de quem se acha dono do Parlamento brasileiro, e que legisla de costas para o povo e de mãos dadas com os financiadores privados de campanha, que agora serão sócios na construção do Shopping Center em plena Câmara dos Deputados. É o fim da picada! O povo deve repudiar este abuso”, afirmou o deputado federal Ivan Valente (PSOL).

PT, PSDB, PCdoB e PSOL votaram contra. “Uma megalomania típica de quem se acha dono do Parlamento brasileiro, e que legisla de costas para o povo e de mãos dadas com os financiadores privados de campanha, que agora serão sócios na construção do Shopping Center em plena Câmara dos Deputados. É o fim da picada! O povo deve repudiar este abuso”, afirmou o deputado federal Ivan Valente (PSOL).

Matéria na íntegra: www.pragmatismopolitico.com.br