22 de novembro de 2015

Cursos Técnicos do Pronatec começam em oito municípios do estado, dentre eles, Macaíba

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) e a Secretaria Estadual de Educação (SEEC) realizaram na última terça-feira, 17, as aulas inaugurais dos cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) nos municípios de Caicó, Touros, São José de Mipibu, Macaíba, Apodi, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e Natal.

As aulas foram realizadas nas Escolas Estaduais Calpúrnia Caldas, Isabel Barbosa, Francisco Barbosa, Alfredo Mesquita, Professor Antônio Dantas, José Moacir, Abel Freire Coelho, Padre Miguelinho, Floriano Cavalcante e Edgar Barbosa; e contaram com a presença da equipe administrativa e pedagógica das escolas, além de professores e representantes da Secretaria Estadual de Educação e da Escola Agrícola de Jundiaí.

Para o secretário de Educação do Rio Grande do Norte, Francisco Chagas, a oferta de cursos profissionalizantes pelo Pronatec atende à necessidade de melhorar a qualidade educacional da rede estadual e promover a cidadania.

"Diante das dificuldades financeiras que o Governo enfrenta e a necessidade de reestruturar a educação do Rio Grande do Norte, precisamos da qualificação técnica promovida com excelência pela UFRN. A Escola Agrícola de Jundiaí tem sido uma grande parceira da SEEC, e essa parceria só vem a somar e proporcionar uma educação profissional de qualidade que atenda às demandas dos municípios".

De acordo com o Coordenador Geral do Pronatec, professor João Inácio da Silva Filho, a parceria ajudará a promover a cidadania e qualificação dos jovens do Rio Grande do Norte. "O Pronatec/EAJ está atuando em mais de 140 municípios, mudando a feição dos concluintes e promovendo o desenvolvimento dessas localidades", disse.

Durante as cerimônias de aula inaugural, os alunos foram apresentados ao corpo docente e receberam os kits escolares do Pronatec.

Parceria

A oferta de cursos técnicos através do Pronatec é uma parceria entre a SEEC e EAJ.


Via Agência de Comunicação da UFRN