9 de dezembro de 2015

Prefeitura de Macaíba prefere concretar canteiro do barro vermelho ao invés de fazer o paisagismo

Fotos/Edição: Macaíba No Ar
A prefeitura de Macaíba vem cometendo vários erros na organização dos  espaços públicos da cidade. Desta vez o que vem chamando atenção e sendo alvo de criticas é a obra no canteiro de rua do barro vermelho, onde ao invés de fazer o paisagismo, a prefeitura resolveu concretar todo o canteiro, preferindo fazer o mais barato e atrasado modo de organizar uma das vias mais movimentadas da cidade. O fato não chama só atenção pelo fato do concreto rodeando as árvores daquele local, houve também dois cortes de árvores, onde as mesmas não foram substituídas, mostrando mais uma vez que os responsáveis pela manutenção dos canteiros da cidade não estão ligando para um fator importante, o meio ambiente.

O fato de haver a concretagem e a não plantação de outras árvores para substituir as que foram cortadas, mostra que Macaíba caminha no sentido oposto do desenvolvimento sustentável, onde em uma cidade com forte arrecadação de impostos prefere gastar  menos com obras ruins, ao invés de fazer o correto e que traria para cidade um espaço mais agradável.

O paisagismo não teria somente função de decorar o   barro vermelho, teria como utilidade deixar que as águas das chuvas fossem filtradas naquele espaço, algo que não vai acontecer, visto que todo o espaço hoje está cimentado e restando para as árvores menos de um metro quadrado para captar a água das chuvas, lembrando que as árvores  absorvem água mais através das raízes.

O que é paisagismo?

Paisagismo é uma organização do espaço exterior em função das necessidades atuais e futuras e aos desejos estéticos do homem, além de ser uma  arte de recriar a beleza da natureza, proporcionando paisagens bonitas e melhorando a qualidade de vida dos indivíduos e da sociedade. É uma necessidade para a sobrevivência dos habitantes das grandes cidades. O paisagismo serve para manter o equilíbrio do ecossistema destruído pelo homem em suas construções e estradas.

Fonte: Macaíba No Ar