30 de janeiro de 2016

Morre filho do delegado Normando Feitosa

Dr. Normando Feitosa e Nathan Feitosa 
Na tarde dessa sexta-feira (29), morreu Nathan Feitosa, filho do delegado de Polícia Civil de Macaíba, Dr. Normando Feitosa. Nathan tinha 11 anos e era portador de uma doença rara chamada Síndrome de Hutchinson-Gilfordmorava, também conhecida por Progéria. 

Segundo o site Minha Vida, que é especializado em saúde, a Progeria é uma desordem genética progressiva e extremamente rara. A doença se caracteriza pelo envelhecimento rápido da criança, começando nos primeiros dois anos de vida, ou até mesmo no nascimento. A progeria se trata de uma doença genética e não hereditária, agressivamente progressiva e sem cura. Esta é uma desordem genética muito rara: 1 nascimento em 4 milhões em todo o mundo. Pouco mais de 130 casos foram reportados na literatura científica desde a descrição da doença, em 1886.

Nathan: A Alegria -  Foto de perfil do
Dr. Normando Feitosa no Facebook  
"Até os dois primeiros anos de vida, as características físicas de Nathan eram as mesmas de uma criança saudável. Entretanto, logo surgiram algumas mudanças na textura da pele, enrijecimento das articulações e uma acentuada queda de cabelo", disse Dr. Normando ao responsável pela página Na Ficha da Polícia RN, do Facebook.

A Equipe do Cidadão Macaibense presta condolências ao Dr. Normando e família pela perda do pequeno Nathan.