26 de fevereiro de 2016

Desembargador do RN manda investigar deputado Ricardo Motta

Ricardo Motta, deputado estadual  – Foto: Web

O desembargador João Rebouças autorizou, na manhã desta sexta-feira (26), a abertura de um Procedimento Investigatório Criminal (PIC), em caráter sigiloso, para apurar a veracidade de citações contra o deputado estadual Ricardo Motta (PROS), do Rio Grande do Norte. A solicitação foi feita pela Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) depois que o ex-diretor administrativo do Idema, Gutson Johnson Bezerra (principal acusado de comandar desvios de recursos dentro do órgão), apontou o parlamentar como participante de um esquema fraudulento dentro do órgão.

Gutson foi preso em setembro do ano passado na operação Candeeiro, que apura desvio de R$ 19 milhões do Idema. Em depoimento à Justiça, ele afirmou que Ricardo Motta recebia 60% de tudo que era desviado. Já o ex-diretor financeiro do órgão, Clebson Bezerril, que também é réu no processo, afirmou que o montante desviado pode passar dos R$ 30 milhões.

Fonte: G1 RN
Via Senadinho Macaíba