24 de fevereiro de 2016

Pedaços de mim

Larissa Bianca, 25, exposição Em-Cantos – Pinacoteca Potiguar

Desde o dia 14 de janeiro, a jovem macaibense, Larissa Bianca, 25, está participando da I Exposição Em-Cantos, promovida pelo grupo Arteiros Potiguares, na Pinacoteca do estado. A exposição segue em visitação até o próximo sábado (27). 

Além de poetiza, Larissa Bianca é escritora, produtora cultural, guia de turismo, mãe e dona da página Pedaços de Mim (Facebook), pela qual faz a divulgação dos seus poemas.

Poema: Flores sem raízes morrem – Retirado da página Pedaços de Mim no Facebook 

Segundo ela, apesar de escrever desde os treze anos, é a primeira vez que está expondo o seu trabalho. Ao falar um pouco de si, de como ela começou a escrever, revela:

"Comecei a escrever aos 13 anos e nunca mais parei. No início, escrevia versos com rimas. Depois, alguns textos. Os textos eram muito infantis, mas, a cada poema e texto escrito, eu me sentia mais viva, sentia que o papel me entendia. Sempre achei que as pessoas não me entendiam. Sentia-me como um poço de sentimento ao redor de pessoas que nem se importavam como eu estava. Quando criança, sofri muito "bulling" por ser muito magra, por ser pobre, por ser quem sou. Quando me sentia triste, era no papel que eu me libertava dos 'padrões' impostos pela sociedade. No papel, eu era Larissa Bianca, sonhadora. Expressar as coisas que eu vivia e sentia no papel dava-me vida, já que fora dele, fora da poesia, eu era como deveria ser ou como queriam que eu fosse".

Larissa afirma ainda que, quando criança, adorava conversar com os mais velhos, só para ouvir as histórias deles e que foi através de seu pai, o sr. Valdomiro Vieira, que ela criou essa feição pela escrita

"Meu pai tinha quase uma biblioteca em casa e isso me incentivou muito. Ele escreve coisas magníficas. Acho que foi por isso que sempre gostei de ler e escrever. Sinto-me como se tivesse uma 'pré-disposição' para a escrita. Já minha mãe era a guerreira, ela sempre me mostrava que quando queremos conseguimos", disse Larissa.

Larissa Bianca, Lucia Pereira (mãe), Valdomiro Vieira (pai) e Luciano Vieira (irmão)

Larissa conta que está trabalhando em seu primeiro livro, que terá o mesmo nome de sua página – Pedaços de Mim – e deverá ser lançado ainda este ano. 

Pedaços de Mim, explica Larissa, são poemas arrancados de dentro do seu ser, a partir das experiencias e sensações vividas no dia-a-dia.

"Cada poema escrito é como um parto sofrido, vivido. Dói escrever sobre amores destrutivos, desilusões, desafetos. Dói dar adeus ao mundo. Acho que sou muito melancólica e, mesmo não querendo, passo isso para o papel. A inspiração vem dos pequenos gestos, sons, conversas, discussões, etc. Percebo coisas distantes de mim, que passa despercebido para a grande maioria das pessoas", disse.

Além disso, segundo ela, sua inspiração vem do sofrimento interno causado pela empatia com o sofrimento alheio.

"Tristeza, fome, dor, cansaço: Eu imagino o que as pessoas sentem e fico imaginando como seria a vida delas. Questiono-me: Como essas pessoas conseguem ser tão fortes? Como não enlouquecem? Trago tudo isso para dentro de mim, mesmo não querendo, e sinto. Acho que isso é uma das coisas mais difíceis de lidar na minha vida. As pessoas que visitarem a exposição e lerem os meus poemas encontrarão sensações de dor, inconstância, afeto, empatia", disse.

Larissa revela que um dos poemas já publicados na sua página que ela mais gosta é o poema ColoRir, pois fala sobre amores canibais, destrutivos. Porém, como tudo na vida, superamos e encontramos a cor, voltando a viver e a sorrir.

Poema ColoRir, retirado da página Pedaços de Mim, no Facebook

Quem encerra esta reportagem é a própria Larissa Bianca:

"Tudo que escrevo, seja bom ou ruim, vem de dentro. Eu retiro de mim e escrevo. Espero um dia ler meus poemas e me lembrar de cada sentimento que sentia quando os escrevia. Espero um dia alcançar meu sonho, que é me tornar uma grande escritora. Defino-me como uma sonhadora, pois, até hoje, a única certeza que tenho na vida é que meus sonhos estão se tornando realidade. Acreditar em seus sonhos é a única saída para quem teve e tem uma vida difícil. Contudo, nada custa sonhar. Temos que acordar todos os dias sabendo que a única pessoa que poderá tornar nossos sonhos realidade, somos nós. E que jamais esqueçamos: Deus sempre caminha conosco".

Larissa e seu filho Lucas

Conheça a página Pedaços de Mim. Acesse: https://www.facebook.com/Peda%C3%A7os-de-Mim-359911220818985/?fref=ts