1 de março de 2016

Em artigo, Valério Mesquita questiona: Porque as pessoas rompem com os Cunhas?

O artigo foi publicado nesta terça-feira (01) pelo blog Senadinho Macaíba.

Valério Mesquita, político e escritor – Foto: Reprodução/Senadinho Macaíba


Porque as pessas rompem com os Cunhas?

Num ano eleitoral, quando ocorre um fato político grave é comum as partes se manifestarem. Da prefeitura de Macaíba não veio nenhuma explicação ou justificativa sobre o rompimento de Olímpio Maciel. Os seus donatários que tanto se preocupam com a minha candidatura ou com a da senhora Marília Dias, nada divulgaram até agora sobre a perda do vice-prefeito. Embora a gente conheça que ele era desprestigiado, desconsiderado e barrado sempre quando os "irmãos prefeitos" não queriam ser incomodados nas reuniões secretas. Ao romper politicamente com a situação, Olímpio Maciel não precisou dizer nada. Tudo estava explícito.

Agora, falta ao condomínio municipal traduzir a separação porque o povo elegeu os dois, juntos.

A história de rompimentos políticos com os irmãos não é de agora. Marília Dias também rompeu com eles, logo que assumiu a prefeitura. Não se explicou ao povo, à época, o porquê. Mas eu sei. Um dia, eu conto. O vereador Gelson Lima rompeu, sofreu muito e depois voltou.

Está na hora do povo ouvir a verdade e a razão do silêncio. Por eu desejar saber e o povo também, a transparência dos atos ocultos, sou chamado de lobo. É melhor ser lobo do que lobista. A diferença é grande. Lembrei-me do programa de TV: “Topa tudo por dinheiro!

Valério Mesquita