8 de março de 2016

Em Traíras, população sofre com a falta do serviço de urgência e emergência prestado pela prefeitura

Por falta de motorista, a ambulância de Traíras funciona um dia e dois não
(Imagem ilustrativa)

A Redação do Cidadão Macaibense acaba de ser informada que, há mais de uma semana, a ambulância da prefeitura que presta serviços aos moradores do Distrito de Traíras não está funcionando como deveria. Segundo informações da pessoa que não quis se identificar, a  população de Traíras conta com uma ambulância e três motoristas para prestar o serviço de urgência e emergência. No entanto, apenas um dos três motoristas está trabalhando. Dos outros dois, um está afastado do trabalho por atestado médico e outro se encontra de férias. Como os motorista trabalham em regime de plantão, isto é, trabalham um dia e folgam dois, a ambulância do distrito acaba fincando à disposição da população um dia e dois não. 

Ainda segundo a pessoa denunciante, a população de Traíras e adjacências, que já não contavam com o serviço da forma como deveria ser prestado – haja vista que, segundo ela, a ambulância pouco é utilizada para o serviço de urgência e emergência – ficou ainda pior.

"A nossa situação é muito difícil, pois a grande maioria das pessoas não dispõem de condições financeiras para pagar um carro particular. Muitas vezes,  por exemplo, algumas pessoas até tem condições, mas devido os altos índices de insegurança na região, a grande parte dos proprietários de veículos estão evitando sair de casa, principalmente durante a noite", disse.

Segundo ela, há um motorista da Prefeitura de Macaíba, lotado na Secretaria Municipal de Saúde, que poderia estar dirigindo a ambulância. No entanto, esse motorista estaria sendo pago para prestar outros "serviços" à prefeitura.

Da redação

Diante da situação do distrito de Traíras e adjacências, que afeta, sobretudo, a população carente da região, gostaríamos de fazer a seguinte pergunta:

Enquanto os funcionários supracitados não voltam ao trabalho, será que a Prefeitura de Macaíba não dispõe de condições financeiras para realocar um motorista para dirigir a ambulância do distrito de Traíras?

Em  nome da população de Traíras e região, gostaríamos de pedir ao prefeito, Fernando Cunha, juntamente com a secretária de saúde, Silvana Cosme, que, por favor, resolvam o mais rápido possível essa situação, pois é muito desesperador uma pessoa passar mal e não poder ser socorrida, principalmente neste caso em que o serviço está sendo prejudicado pela simples falta de um motorista.

Em primeiro lugar deve estar a saúde do povo, pois é o bem mais precioso que uma pessoa pode ter. O prefeito sabe disso, pois ele é médico.