6 de março de 2016

Empresário Getúlio Nobrega foi sepultado neste domingo, no cemitério Morada da Paz

Getúlio Nobrega (1945 - 2016) – Foto: Rômulo Estânrley

Às 14h deste domingo (06), no cemitério Morada da Paz, em Parnamirim, aconteceu o sepultamento do empresário e pecuarista, Getúlio Garcia da Nóbrega, de 70 anos. 

Ele faleceu ontem (5), por volta das 10h30, na Policlínica, em Natal. Segundo informações de familiares, Getúlio fora vítima de câncer no pulmão e no cérebro. Estava internado na Policlínica havia dois dias, mas não resistiu ao tratamento e faleceu – o câncer havia sido diagnosticado em maio do ano passado.

Ao lado de José e Silvio Nóbrega, seus irmãos, Getúlio gerou empregos para mais de mil pessoas em Macaíba, entre os anos de 1979 a 1989, nos tempos da Fiação de Algodão Moço S. A., antiga Famosa. Naquela época, o comércio da cidade vivia aquecido em dias de pagamentos dos funcionários da Famosa.

História

Getúlio da Nobrega nasceu em Nepomuceno-MG, em 28 de abril de 1945. Era filho de Francisco Nobrega de Araújo e Naide Garcia de Araújo (e sobrinho da ex-prefeita de Macaíba, Mônica Nobrega e Dantas).

Com um ano de vida, foi morar em Acari, de 1946 a 1951. Depois, se mudou para São Paulo, de 1951 a 1971, período em que se formou em Administração, pela Faculdade de São Luiz. Lá, casou e veio para Natal. Deixou três filhos: Ricardo, 43 anos; Marcelo, 41; e Naide, de 9 anos, esta última fruto da sua união matrimonial com Solange Nobrega. Desde 2008, Getúlio estava morando na Fazenda Utinga, em São Gonçalo do Amarante. 

Atualmente, era empresário no ramo têxtil e pecuária, que era o que mais gostava de fazer, segundo revelou seu filho Ricardo.

Foto: Leticia Nobrega

Velório

Familiares, amigos e ex-funcionários estão compareceram ao local para dar o último adeus. Entre as autoridades, estavam: o prefeito Fernando Cunha, vereadores Rita de Cássia e Rodrigo Nasser, Dickson Nasser Júnior (vereador de Natal) e o seu pai.

Matéria: Rômulo Estânrley
Via Facebook