2 de março de 2016

NOTA DE REPÚDIO AO CENÁRIO EDUCACIONAL PÚBLICO DE MACAÍBA



O Sindicato dos Servidores Públicos de Macaíba (SINSEMAC), através do seu perfil oficial no Facebook, acabou de emitir uma Carta de Repúdio à Prefeitura Municipal de Macaíba sobre o atual cenário da educação pública no município. Abaixo, confira a íntegra da publicação:


NOTA DE REPÚDIO AO CENÁRIO EDUCACIONAL PÚBLICO DE MACAÍBA

Vimos por meio desta, manifestar a sociedade macaibense nossa indignação e sobretudo repúdio ao atual cenário Educacional de Macaíba. 

Integramos a categoria de professores, coordenadores pedagógicos e profissionais da educação e estamos aqui para compartilhar nosso sofrimento e principalmente cobrar respeito e qualidade na educação deste município. 

Há anos, estamos literalmente abandonados as baratas. Sim, esse é o nosso sentimento: Abandono.

Atualmente, estamos com nossos salários defasados, em que o atual prefeito FERNANDO CUNHA vem descumprindo a Lei Federal nº 11.738, sancionada em 16 de julho de 2008, que instituiu o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da Educação Básica. 

Tivemos nosso dia de planejamento retirado, o que reflete diretamente na qualidade do Ensino Público. Estamos trabalhando em condições precárias, com escassez de recursos didático-pedagógicos, problemas estruturais, merenda escolar de baixa qualidade para os alunos e sobretudo desrespeito ao princípio constitucional de dignidade da pessoa humana.

Clamamos as autoridades competentes providências, apelamos a sociedade macaibense pelo engajamento nessa luta, que não é só nossa.

Educação Pública de qualidade é a nossa bandeira. Estamos atentos aos gastos públicos dos recursos destinados à Educação, muito tem a se explicar. 

Apelamos ao Ministério Público que faça as intervenções necessárias. Afinal, nossos direitos estão sendo negados e, consequentemente, os direitos dos alunos também.

Convidamos toda sociedade macaibense a refletir sobre a qualidade da Educação do Município, que já ficou conhecida nacionalmente como uma das piores do país.

Chega de desrespeito, Macaíba merece e tem o direito de ter uma Educação Pública de qualidade!

Parafraseando o Imortal téorico Paulo Freire:

Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo, torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente, ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”.

Escola com qualidade se faz com respeito e valorização do professor!

A Educação Pública macaibense pede socorro!

Queremos nossos direitos de volta já!