13 de julho de 2016

Em tempos de WhatsApp experimente olhar nos olhos

Por Ligia Silva

Lembro me bem da minha infância meus melhores momentos, foram os melhores pois eram de verdade, jogar bola na rua, banhos  de chuva, areia nos pés sem medo de nada.  Na adolescência então não tinha aplicativos de jogos melhor que um gostoso acampamento, uma roda de violão, uma noite cheia de estrelas e muitas conversas com os amigos .

Com a internet tudo tornou-se mais acessível, paquera, casamento, trabalho estudo tudo tornou-se mais fácil, acessível, tudo tornou-se mecânico demais. Numa reunião familiar não se olha mais no olho se tira selfies, não se olha nos olhos, não se conta piada, tudo é compartilhado no grupo da família mesmo que sua família esteja ali, mesmo que sua vó nem faça parte do grupo, ela esta ali para compartilhar suas historias, ouvir sua risada mas o mais importante no momento é saber o que rola no grupo da fofoca. Nos jantares de namorados então é uma tristeza, de aproveitarem  momentos a sós e saborearem uma boa comida ambos estão ali grudados no celular, tirando selfie da comida, ou mesmo falando com alguém mais interessante que seu conjugue .

Não estou fazendo uma campanha contra a comunicação virtual, contra essa ferramenta poderosa que veio facilitar a nossa vida do qual eu me utilizo dela, mas é importante ressaltar não devemos depender dela para tudo. Qual foi a ultima vez que você olhou nos olhos do amor da sua vida sem preocupar-se com o grupo que mais bomba no celular, Qual foi a ultima vez que você deixou de conversar com essas pessoas para conversar com quem realmente importa?. Qual foi a ultima vez que você curtiu um show sem se preocupar em ostentar, a ultima vez que comeu uma comida sem tirar foto dela antes, a ultima vez que contemplou a natureza e desligou-se do mundo?. Existem emoções e sensações que jamais a tela de um celular nos dará, pessoas que são insubstituíveis em nossa vida e um tempo que nunca mais ira voltar.

A era digital existe para facilitar nossa vida, não nos fazer escravos dela, experimente olhar nos olhos ,não dói, experimente emoções de verdade .