23 de julho de 2016

Meu partido é minha realidade


O meio virtual é uma maneira de ver como a hipocrisia é despertada, é um grande palco politico de ego, são artigos e mais artigos são mitos e ídolos virtuais. São promessas de moral e liberdade que se misturam na lama da hipocrisia da direita e da esquerda.

Eu já tive minha fase conservadora cristã, até perceber que quando uma mulher negra começa a falar de sua realidade é considerada vitimista. A submissão da mulher é aplaudida e a direita não esconde seu ódio e seu desprezo por minorias, afinal eles são maioria. 

Os ídolos brasileiros que tem surgido dessa corrente são amantes da ditadura militar, fãs de torturadores  de mulheres, e se você se opor nas rede sociais será ameaçado, ás vezes mesmo de morte. O amor cristão da direita só funciona quando você concorda com eles. Nunca vi a direita lutando pelo povo pobre e trabalhador, apenas por eles mesmos quando digo isso, digo eles Ricos políticos e fazendeiros que perpetuam no poder  ver o mundo com o óculos excludente da direita é grotesco mais ainda quando você luta contra você mesmo .

A esquerda é interessante, luta contra as injustiças do capitalismo, luta contra os desmandos dos empresários, pela classe operaria, gostam de Marx e CHE e umas figuras que eu confesso que nunca li e tive interesse de ler aprofundadamente, minhas ideias batem com algumas da esquerda e confesso que a luta é legitima. Mas eu não ousaria me filiar a qualquer partido de esquerda hoje. A direita não é mentirosa quando demonstra que odeia negros pobres e qualquer minoria, mas a esquerda que diz que luta contra a burguesia não abre mão de seus privilégios e por isso se torna Hipócrita. Tenho acompanhado discussões sobre o capitalismo, principalmente a frase " A revolução não acontece acompanhada do Capitalismo ".

Ultimamente empresas de cosméticos que abraçaram a ideia de vender maquiagem e fazer gay, lésbica, gordas e negras como representantes de seus produtos na mídia estão sendo duramente criticadas. É obvio que as empresas querem vender, é obvio que vivemos num mundo capitalista, mas essa representatividade é graças a uma luta de resistência dessas minorias .

Eu esperei 30 anos da minha vida para me sentir representada, e hoje a esquerda diz que é apropriação da luta e mais uma vez não sei onde é o meu lugar. O mais interessante a esquerda é que não aceitam mulheres negras como a Beyoncé cantando sobre mulheres negras e racismo, mas é a mesma esquerda que idolatra Chico Buarque que sempre foi burguês nunca sofreu racismo mas que fala sobre isso em sua canções. Critica os empresários o luxo mas abrem restaurantes caros em lugares nobres e se são confrontados com isso dizem : "ah não fazemos voto de pobreza" mas a mulher e o homem negro sim, serão sempre reféns da bondade da esquerda.

Antes de ser esquerda ou direita eu sou Negra, não sei de quem é a frase mas ela se ajusta a minha realidade, se a filosofia da meritocracia não me comove a filosofia que Preto não pode ser capitalista também não. É nesse momento que vemos que nós temos reproduzidos discursos vazios e hipócritas abraçando como verdade absoluta, mesmo que essa verdade nos excluam, meu partido é onde eu tenho espaço, onde  a minha realidade se adequá e onde meu pensamento é livre.

__________________________
Veja mais textos de Ligia Silva