24 de junho de 2017

A QUEM INTERESSAR POSSA

Luiz Antônio Bezerra Lacerda

Fui pego de surpresa com uma matéria veiculada num blog da cidade que buscou me descredenciar e me discriminar perante a sociedade da minha Macaíba.

Ao longo de toda a minha vida pautei minhas ações dentro dos princípios da legalidade, da honestidade e do servir ao próximo, externando os ensinamentos recebidos dos mais experientes e pondo-os em prática com um único e primordial objetivo: Servir.

Assim, guiado pelos laços que me unem umbilicalmente a esta cidade,  vejo que a forma como foi demonstrado na matéria me faz ficar triste, pois revela inverdades e me cobre com um manto negro ao qual nunca me revesti.

Sou empresário lojista nesta cidade há mais de 27 anos e nunca foi registrada uma só mácula que pudesse descredenciar minha pessoa perante a opinião pública, e nem tampouco nos órgãos de Governo em qualquer esfera, o que possuo é fruto de um trabalho diuturno concretizado através do reconhecimento da população que me honra e me prestigia no dia-a-dia.

O comércio macaibense conhece e apoia minha luta nas entidades classistas do Município, do Estado e da União, onde por vezes representei e represento-o nos mais diversos eventos corporativos, levando o nome da cidade e do estado aos recantos do nosso país, pondo-me sempre à disposição para promover o desenvolvimento, criar empregos e fortalecer a renda do nosso povo e da nossa gente.

Meu patrimônio tem um alicerce profundo, não foi construído sobre areia solta e sem sustentação, foi cultivado pela ética e pelo trabalho árduo e honesto.

Por fim, só me resta lamentar a falta de conhecimento do Sr. Mário Henrique que assinou a matéria sobre minha trajetória de vida e meus atos profissionais, dizendo a ele que não se constrói nada quando se denigri a outros, é preciso conhecer para falar, do contrário cai-se na vala do desespero e da descrença.

É o que me cabe ressaltar.