9 de maio de 2018

Audiência Pública sobre Educação Escolar Indígena é realizada em Macaíba

Foto: Assessoria/Emídio Jr.

Na tarde de ontem (08), a Câmara Municipal realizou a Audiência Pública com o tema Educação Escolar Indígena, na qual o Município se responsabilizou em atender as reivindicações da comunidade Indígena Lagoa do Tapará. Dentre elas: que a Escola Municipal Luiz Curcio Marinho seja regulamentada com uma Escola Indígena e que a professora Francisca Bezerra, líder indígena da comunidade e servidora concursada do Município, retorne a lecionar na escola supracitada. 

Além dos vereadores e dos povos indígenas da Lagoa do Tapará, participaram da audiência as seguintes pessoas: 

Carlos Tavares, da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordentes, Tayse Campos, do Forúm Indígena do RN, Domingos Sávio, Secretário de Educação de Macaíba, Yuri Vasconcelos, representante da FUNAI no RN, Márcio Maia, professor do IFRN de Canguaretama, Luis Catu, índio Potiguara de Ganguaretama, Juliane Ribeiro, Conselho Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Eraldo Paiva, vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jair Macedo, representante do CEPAC, Allyne Macedo, advogada e mestranda em Antropologia Social pela UFRN, Sargento Regina, ex-vereadora de Natal, e Edivaldo Emídio, ex-vereador de Macaíba

Assessoria/Emídio Jr.


Luis Catu - Indio Potiguara/Ganguaretama

Profª Francisca Bezerra - Lagoa do Tapará/Macaíba

Yuri Vasconcelos - FUNAI/RN

Alexandria  - Diretor da futura escola indígena na aldeia Catu