26 de novembro de 2018

Taxista "Irmão Carlinhos" foi destaque no quadro "Que história é essa!?" do Patrulha da Cidade

Reprodução / OP9

OP9: Cap na cabeça, roupa “alinhada”, carro impecável. Com esse estilo, o taxista Carlos Eduardo Alves da Silva, conhecido como “Irmão Carlinhos”, faz sucesso com os clientes na cidade de Macaíba, Região Metropolitana de Natal. Com o ponto no terminal rodoviário da cidade, Irmão Carlinhos não para, pois o agendamento das corridas é intenso.

Em frente à casa dele no bairro Alfredo Mesquita, o carro estacionado na porta já demonstra o cuidado que o dono tem com o veículo. Limpo, sem nenhum arranhão, com rodas estilizadas e muito capricho, o táxi do terminal rodoviário chama a atenção. No guarda-roupa do motorista, camisas bem passadas e alguns chapéus estilo cap que compõem a farda de Carlinhos.

O “Irmão” é um diferencial em Macaíba. Ele conta que o perfil diferente surgiu a partir da volta de uma corrida. “Estava passando em frente a uma igreja e o jeito de um motorista de limusine de casamento me despertou curiosidade. Voltei lá e vi como era. Pensei: se for me vestir assim, vai dar certo no meu trabalho”, destacou o taxista.

Ao ser questionado se trocaria de profissão e se os aplicativos de transporte da atualidade o atrapalham, as respostas estão na ponta da língua. “Os aplicativos de transporte não me afetaram porque procuro sempre melhorar. E não trocaria essa profissão por outra, porque me acostumei com essa rotina, procuro me aperfeiçoar no que sei fazer, prestar serviço”, relata orgulhoso Carlinhos.

Confira a reportagem completa: www.op9.com.br