3 de março de 2019

Queiroz diz que gerenciava salários para expandir 'atuação parlamentar' de Flávio Bolsonaro sem conhecimento do deputado

Foto: Pedro França/Agência Senado

G1RJ: O ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Fabrício Queiroz, disse ao Ministério Público que usava parte da remuneração dos servidores do gabinete do então deputado para contratar "colaboradores informais" e, assim, expandir a sua "atuação parlamentar". Flávio, hoje senador, e o chefe do gabinete não tinham conhecimento da prática, segundo Queiroz.

O ex-assessor apresentou, pela primeira vez, esclarecimentos, por escrito, ao Ministério Público do Estado do Rio. A informação foi divulgada pelo jornal "O Estado de S. Paulo". No documento enviado pela defesa ao MP, a que o G1 também teve acesso, Queiroz negou que tenha se apropriado dos valores.

Matéria na íntegra: g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha consciência do que você vai comentar.