30 de agosto de 2019

Homem detido ao tentar invadir Senado Federal desejava matar políticos e líderes religiosos

Confira a partir dos 2:00 de vídeo

Um homem foi preso após quebrar a porta de vidro de um dos acessos do Senado Federal. Ele  ameaçou invadir o prédio e precisou ser imobilizado pela polícia. Davi Alcolumbre afirmou que vai investigar o caso e que é inadmissível qualquer ato de violência e vandalismo na Casa.

Preso na tarde de ontem, quinta-feira (29), o acusado gravou um vídeo, publicado em seu canal no youtube na quarta-feira (28), relatando seu desejo de esfaquear o presidente Jair Bolsonaro, Lula, Ciro Gomes e lideres religiosos.
_______________________
“Eu tô aqui pensando por que eu devo comprar uma faca de 54 reais. Se eu tenho faca aqui em casa de graça pô. Eu tenho duas. Essa daqui, que só precisa amolar. Tá ligado. Chegar no bucho dele aqui, enfia. […] Vamos ver se ele [Bolsonaro]aguenta outra facada real. Não só o Bolsonaro, como Lula, Ciro Gomes, Marco Feliciano e todos os outros políticos. Depois eu vou escalar os evangélicos e outros católicos”, diz o homem no vídeo.

“A afirmativa não é se vão ou não morrer. É quando vocês vão morrer. Isso eu já tenho certeza. Enquanto vocês não me matarem, eu vou matar vocês. O máximo possível. Pode me internar. Pode me prender. Uma hora eu saio e mato vocês. E vai ser escalando políticos, religiosos e é isso aí”, afirmou.

“Eu tô esperando achar a agenda do Bolsonaro pra matar ele. Descobrir onde ele tá aqui em Brasília pra ir de encontro a ele, e dar uma estocada nele. Bora ver se ele vai resistir a uma facada real”, completou.

relatos via Conexão Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha consciência do que você vai comentar.