7 de agosto de 2019

Júri popular inocenta acusado de matar 5 mulheres dentro de prostíbulo na região Oeste potiguar

Isaac Mendonça de Lucena foi solto na tarde desta quarta (7) — Foto: Arquivo Pessoal

Por Anderson Barbosa, G1 RN

Júri popular realizado nesta terça-feira (6) no Fórum Desembargador Dúbel Ferreira Cosme, em Ipanguaçu, na região Oeste potiguar, inocentou o agricultor Isaac Mendonça de Lucena da acusação de ter matado cinco mulheres a tiros dentro de um prostíbulo na cidade de Itajá, que fica na mesma região. A chacina aconteceu na madrugada de 15 de julho de 2015. Isaac foi o único indiciado pelo crime.

Advogado de defesa do agricultor, Bruno Henrique Saldanha Farias explicou ao G1 que Isaac foi inocentado por falta de provas. Dos sete jurados, só houve necessidade da leitura de cinco votos, uma vez que a maioria pela absolvição já havia sido alcançada. O resultado foi de 4 votos a 1.

“Prevaleceu a justiça. Conseguimos provar que Isaac não estava na cena do crime no momento da chacina. O crime aconteceu pouco depois da meia-noite. Naquele exato momento, ele estava em casa, ao telefone, falando com sua companheira. Essas ligações, que foram comprovadas pela operadora de telefonia, foram fundamentais para confirmar a inocência dele”, ressaltou o advogado.

Ainda de acordo com Bruno, a defesa ainda estuda se vai entrar com uma ação de indenização por danos morais e materiais contra o Estado. “Antes, vamos aguardar que se esgotem todas as possibilidades de recurso”, ponderou.

Matéria na íntegra: g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha consciência do que você vai comentar.