19 de setembro de 2019

Lenilson de Lima: Macaíba tem o novo Mestre do Nordeste


Excelente forma física, maturidade psicológica e técnica apurada. Todos estes adjetivos presentes nos trabalhos do árbitro macaibense Lenilson de Lima, na Taça Brasil de Futsal Categoria Sub-20, lhe renderam o título de o novo “Mestre do Apito do Nordeste”. A alcunha veio após mais uma arbitragem brilhante de Lima, como é conhecido em Macaíba, na finalíssima da competição. O jogo entre o Jucas/CE X Ponto Largo/PI aconteceu no último dia sete do decorrente mês, na cidade de Fortaleza.

Lima tem uma carreira consolidada na arbitragem. Foram 11 anos atuando profissionalmente pela Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF), 16 anos como árbitro de futsal, inclusive atuando em diversas competições nacionais e há dez anos faz parte do quadro de arbitragem da Confederação Brasileira de Futsal.


Lenilson entrou para a história do esporte potiguar por ser o primeiro árbitro norterriograndense a apitar uma partida oficial de futebol no estádio Arena das Dunas, um dos 12 estádios brasileiros a sediar jogos da Copa do Mundo 2014. A partida foi um clássico do esporte potiguar: ABC x Alecrim, no dia 26 de janeiro de 2014. O uniforme e equipamentos utilizados por Lima nessa partida estão expostos no museu da Arena das Dunas.


Como de praxe, o Mestre do Apito do Nordeste também já teve seus momentos difíceis trabalhando na profissão. No dia 13 de março do ano de 2013 o clima esquentou no Estádio Nogueirão, em Mossoró, após a vitória por 2 a 1 do América-RN sobre o Potiguar. Depois de marcar um pênalti polêmico aos 40 minutos do segundo tempo, que resultou no segundo gol da equipe natalense, Lima gerou revolta entre os torcedores do “Time Macho”. A torcida mossoroense, enfurecida, atirou objetos no gramado e tentou agredir o trio de arbitragem. Lima teve que deixar o Nogueirão em uma viatura da PM.

Programa Três Toques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha consciência do que você vai comentar.