13 de setembro de 2019

PM Hermano Mangabeira é transferido para Ceará-Mirim. Sarg. Heronides relata preocupação

Reprodução / TV Ponta Negra

OP9: O policial militar Hermano Mangabeira de 34 anos, que manteve o próprio filho refém no dia 5 deste mês, foi transferido para a Cadeia Pública de Ceará-Mirim, Grande Natal, na manhã desta sexta-feira (13). Ele estava no hospital da PM.

A família do militar enxerga a medida com preocupação e reforça a necessidade de uma acompanhamento psiquiátrico. “Ele já tentou suicídio duas vezes e tem dois laudos que atestam sua insanidade mental. Nossa preocupação é que ele na cadeia, sem acompanhamento psiquiátrico, possa tentar suicídio novamente”, relata o sargento Heronides Mangabeira, irmão de Hermano.

E completa: “O filho dele está bem, a todo momento pergunta por ele e nós queremos ele vivo. Que ele responda pelo que fez, mas fique vivo e seja tratado e curado para ver o filho dele crescer porque o amor entre os dois é enorme”.

Confira a entrevista do sargento Heronides Mangabeira na íntegra: CLICK AQUI

De acordo com a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), a determinação judicial que solicitava a transferência não tratava sobre acompanhamento médico para Hermano. No entanto, a cadeia conta com um setor médico, que poderá prestar atendimento ao militar.

Matéria na íntegra: www.op9.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha consciência do que você vai comentar.