29 de outubro de 2019

Inaugurada a Biblioteca da Academia Macaibense de Letras

Foto/Cedida

Na última sexta-feira foi inaugurada a Biblioteca Acadêmico Ivoncísio Meira de Medeiros, órgão da Academia Macaibense de Letras que passa a funcionar na Casa de Cultura de Macaíba, Rua Francisco da Cruz, n. 39. Macaíba conta agora com mais uma biblioteca para pesquisas acadêmicas e estudantis.

Estiveram presentes os acadêmicos Armando Holanda, Cícero Macedo, Osair Vasconcelos, Manoel Firmino de Medeiros, Luzinete Dantas, Hailton Mangabeira, Francisco Nascimento, Valério Mesquita, Carlos Alberto Josuá, Olímpio Maciel, Rui Santos, Juscio Marcelino e Racine Santos.

Representando a família do Dr. Ivoncísio estiveram sua viúva Zoraide Nóbrega, os filhos Thiago, Felipe, Ana Beatriz e Flávio.

A solenidade contou ainda com a presença do procurador federal e escritor Lívio Oliveira. 

Na oportunidade, o presidente da Academia de Letras Anderson Tavares de Lyra destacou a importância de Ivoncísio como historiador e doador dos primeiros livros para a biblioteca. Armando Holanda,  emocionou-se ao relembrar o amigo e jurista Ivoncísio, afirmando que seus livros ficarão juntos com os de seu amigo na nova biblioteca. Os filhos Thiago e Felipe agradeceram em nome da família.

A biblioteca Acadêmico Ivoncísio Meira de Medeiros possui livros de História, literatura brasileira e francesa, poesia, revistas cientificas, direito e de autores potiguares. Destaque para os livros Horto de Auta de Souza, em sua segunda edição e o raríssimo História do RN de Augusto Tavares de Lyra, em sua primeira edição de 1921.

Na mesma oportunidade a acadêmica Maria Luzinete Dantas Lima lançou o seu segundo livro: Macaíba memória e história, uma viagem no tempo e no espaço, importante contribuição para a compreensão de Macaíba.

Durante a solenidade houve homenagem a professora Maria de Lourdes Melo – Maria de Rui,  por tudo que ela representa para a educação macaibense.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha consciência do que você vai comentar.