7 de março de 2020

EAJ-UFRN: Assistência Estudantil: auxílios que tornam sonhos realidade


Por João Mário da Costa - Comunicação EAJ-UFRN

Previstos dentro do Programa Nacional de Assistência Estudantil- PNAES e regulamentados pela UFRN através das resoluções nº 249/2018-CONSEPE e n° 045/2012 – CONSAD, os serviços de assistência estudantil contribuem para a inclusão, permanência e êxito dos alunos em situação de vulnerabilidade social dentro da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ).

Só no primeiro semestre de 2019, 350 alunos da graduação e pós-graduação foram atendidos nas sete modalidades de auxílio ofertados. Já nos cursos técnicos, onde são oferecidos quatro tipos de auxílio, 722 alunos foram beneficiados. No segundo semestre, esse número subiu para 768.

Foto: João Mário da Costa

José Henrique Anísio Lourenço, 17, é aluno ingressante em 2020 no curso de Engenharia Florestal. O sonho de cursar uma graduação surgiu no ano passado, quando a UFRN realizou uma edição da Mostra de Profissões em sua cidade, Parazinho, no interior do Estado. De família humilde e pai agricultor, o estudante sabia que iria encontrar dificuldades para se manter na instituição, mas viu no auxílio alimentação, já conquistado, uma esperança de prosseguir no curso.

Ele destaca que se não fosse essa assistência, teria que desistir do curso. “A refeição tem custo elevado para mim e não teria condições de pagar diariamente por ela. Se não fosse o auxílio, eu teria que desistir do curso”, disse.

O realidade de José Henrique não difere muito da história de tantos outros estudantes da EAJ-UFRN. Morar longe de casa, ter uma origem humilde e ver nos sonhos uma realidade tão distante, acaba sendo um fator desmotivador para eles. Conhecer histórias como essa, nos fazem ter a certeza de que os auxílios não são um mero assistencialismo mas, talvez, a única possibilidade de aproximar esses sonhos da realidade.

No “novo mundo”, como Henrique descreveu a EAJ-UFRN, ele espera se adaptar ao ambiente e a nova forma de estudo para conseguir concretizar o que para ele já é uma realidade.

Modalidades de auxílio

Para os alunos dos cursos técnicos, são quatro tipos de auxílios ofertados: alimentação, transporte, moradia e residência. Para os alunos de graduação, o número chega a sete: Alimentação, Transporte, Residência ou Auxílio Moradia, Atleta, Creche e Óculos.

O acesso a esses auxílios dá-se, exclusivamente, por meio do Processo Seletivo de Renovação e Concessão, que é realizado pela Coordenação de Políticas Estudantis (COPE), para os cursos técnicos, e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PROAE), para graduação e pós-graduação. Esses processos são realizados semestralmente e os editais costumam ser divulgados em junho/julho e dezembro/janeiro.

Pré-Requisitos

Para ter acesso aos auxílios oferecidos pela PROAE ou pela COPE, os alunos precisam apresentar situação de vulnerabilidade socioeconômica com renda familiar de até 1,5 salário mínimo, estar regularmente matriculado e com frequência ativa no seu respectivo curso e apresentar, a partir da concessão, rendimento satisfatório de no mínimo 80% dos componentes curriculares matriculados ou não reprovem na série cursada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha consciência do que você vai comentar.